Cinesioterapia

  • Marcelle Pinheiro

A cinesioterapia é um conjunto de exercícios terapêuticos que ajudam na reabilitação de diversas situações, fortalecendo e alongando os músculos, e também podem servir para otimizar o estado de saúde geral e prevenir alterações motoras.

Os exercícios cinesioterapêuticos podem ser indicados para:

  • Promover o equilíbrio;

  • Melhorar o sistema cardiopulmonar;

  • Aumentar a coordenação motora, a flexibilidade e a mobilidade;

  • Aumentar a força dos músculos;

  • Melhorar a postura;

  • Treino de marcha/caminhada. 

Esses exercícios devem ser orientados pelo fisioterapeuta de forma individual, respeitando as necessidades de cada paciente, mas podem ser realizados em grupo que tem características e necessidades semelhantes. 

Indicações e como começar 

Os exercícios cinesioterapêuticos podem ser indicados após a redução da dor e da inflamação. Inicialmente podem ser realizados exercícios mais leves, de isometria, sem movimentos das articulações + alongamentos, e a seguir podem ser utilizados pequenos equipamentos como fitas elásticas, halteres ou bolas.

O número de repetições de cada exercício vai depender do estado de saúde que a pessoa apresenta porque um maior número de repetições é indicado quando não há carga ou esta é leve, e um número menor de repetições é mais indicado quando há maior peso. Normalmente são realizadas 3 séries com tempo de descanso que varia de 30 segundos à 1 minuto entre cada uma delas. 

O número total de exercícios que podem ser indicados varia muito de acordo com a necessidade que a pessoa apresenta, e da sua limitação. Enquanto que pessoas idosas podem realizar cerca de 10 exercícios numa sessão, pessoas mais jovens, podem realizar um conjunto de 20 exercícios diferentes. 

Exemplos de exercícios de cinesioterapia 

Cinesioterapia motora

Estes exercícios são indicados para reabilitação das mais diversas situações, como artrose, artrite, gota, espondilite, tendinite e outros. Ela pode ser realizada também em pessoas que se encontram acamadas, para preservar a força dos músculos e a amplitude das articulações. Confira no vídeo a seguir alguns exemplos:

Cinesioterapia postural 

Para melhorar a postura corporal, o que contribui para reduzir a dor nas costas e no pescoço, por exemplo, podem ser realizados exercícios específicos que fortalecem os músculos das costas e do abdômen, alongando os músculos que estão mais encurtados. Alguns exemplos destes exercícios estão no vídeo a seguir:

Cinesioterapia laboral 

No trabalho também podem ser realizados exercícios que alongam os músculos mais solicitados para a realização das atividades laborais. Estes podem ser realizados diariamente, durante cerca de 10 minutos em todas as empresas e organizações, sendo importantes para preservar a saúde dos trabalhadores. Alguns exemplos são:

Cinesioterapia respiratória 

Podem ser indicados exercícios que estimulam a inspiração máxima, a expiração forçada, que podem ser realizados de pé, sentado ou deitado, com o acompanhamento dos braços ou com as mãos em contato com o abdômen para aumentar a conscientização da movimentação do diafragma. Também podem ser utilizados pequenos equipamentos que ajudam a fortalecer os músculos da respiração. Dependendo da indicação médica podem ser usados medicamentos antes de iniciar cada sessão de fisioterapia para alcançar melhores resultados

Profissionais

               São Paulo               

São Paulo

  • Carolina Moraes

Email: terapias.carolinamoraes@gmail.com

Fone: (11) 98942-9808

  • Daniel Zucchi

Email: daniel_libanore@yahoo.com.br

Fone: (11) 94440-0024

© Copyright 2020 - Todos os direitos reservados - Portal Terapeutas S/A - Todos os Terapeutas reunidos num só lugar

As informações disponibilizadas são de total responsabilidade de seus autores e tem caráter apenas informativo, não podendo, jamais, ser utilizadas em substituição a um diagnóstico médico ou de outro profissional habilitado, eximindo os administradores deste site de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização delas.